Digital footprints

Saiba como garantir a proteção intelectual do seu negócio por meio de footprints.

Saiba como garantir a proteção intelectual do seu negócio por meio de footprints.

Digital footprints: você sabe o que é gestão de pegadas digitais?

Seja em inglês ou em português, o termo é realmente curioso. Porém, rastrear as pegadas digitais de sua marca nada mais é do que garantir que todas as suas propriedades intelectuais — ou seja, nome, logotipo e outros elementos de sua identidade visual — não estejam sendo utilizadas de forma indevida, o que causa ruídos na comunicação entre o empreendimento e seus clientes. Por conta disso, a prática também costuma ser chamada de “gestão de marca” por alguns profissionais.

Pare e pense — não seria interessante saber de antemão caso algum criminoso estivesse usando a identidade visual de sua loja para criar perfis falsos nas redes sociais ou até mesmo desenvolver um site falso que se passa pelo e-commerce legítimo? Você poderia adotar ações preventivas para evitar que seus clientes sejam enganados, realizando takedowns (requisições para excluir as contas fraudulentas) e pedindo para que as autoridades realizem a investigação devida.

Porém, um uso indevido de marca não precisa necessariamente partir de um criminoso cibernético. Seus parceiros também podem usá-la de maneira inadequada — isso é algo que acontece com frequência, por exemplo, com operadoras de planos de saúde, já que elas dependem de corretores independentes. Muitas vezes, tais corretores podem não oferecer um atendimento ao cliente à altura de sua política de funcionamento, mas mesmo assim utilizam os seus elementos visuais da sua companhia.

E é aí que você pergunta: “mas fazer toda essa gestão não é algo complexo demais?” De fato é. Mas a boa notícia é que existem diversas empresas, agências e profissionais especializados em gestão de marcas e rastreamento de digital footprints — elas vasculham a web (incluindo fóruns obscuros da deep web, a parte “escondida” da internet) com o objetivo de identificar, o mais rápido possível, um criminoso tentando personificar o seu empreendimento ou um parceiro em desacordo com o uso de sua marca.

Com isso, todo mundo ganha — você garante que a identidade do seu negócio continue protegida perante o público e ainda ajuda a evitar que os consumidores caiam em golpes como phishing e lojas falsas. Afinal, lembre-se sempre que sua marca também é de sua responsabilidade, sendo essencial garantir que ela não seja utilizada para fins maliciosos.